Marca - Núcleo de Acessibilidade
Link Facebook
Na foto estão 9 pessoas em pé, em uma sala repleta de carteiras. Do lado esquerdo está a janela e atrás uma lousa.

DAC recebe visitas técnicas da UFMT, docentes e discentes do Câmpus Goiás e da UFJ.

Em 30/08/22 15:12.

As visitas aconteceram nos dias 3 e 4 de agosto, e também nos dias 12 e 19

Autoria: Ana Laura Carvalho de Oliveira

Fotos: acervo Núcleo de Acessibilidade

 

O Núcleo de Acessibilidade recebeu neste mês de agosto três visitas técnicas. Nos dias 3 e 4 a visita técnica da equipe do Núcleo de Acessibilidade e Inclusão da UFMT; no dia 12 a de docentes e discentes do curso de Pedagogia Inclusiva do Câmpus Goiás da UFG, e no dia 19 da equipe do Núcleo de Acessibilidade e Inclusão da UFJ.

Na foto estão sentados em uma mesa quadrada, do lado esquerdo duas mulheres que trabalham no núcleo, e do outro lado os visitantes da UFMT.

O objetivo das visitas foi conhecer o trabalho desenvolvido pela Diretoria de Acessibilidade na implantação da Política de Acessibilidade da UFG e do Núcleo de Acessibilidade de Goiânia no acompanhamento pedagógico dos estudantes com deficiência.

Cada grupo foi recebido pela gestão da Secretaria de Inclusão, pelas Equipes Administrativa e Pedagógica da Diretoria de Acessibilidade e pela Coordenação do Laboratório de Acessibilidade Informacional (LAI) da Biblioteca Central.

 

Na imagem há 4 pessoas sentadas em frente ao diretor do LAI, que está explicando , e as pessoas estão olhando para uma tela escrita ´´Texto acessível único X Criar uma versão de material acessível´´

 

A programação das visitas contemplou palestra sobre o histórico das políticas de inclusão e de acessibilidade para a pessoa com deficiência  desenvolvidas na UFG, bem como apresentação da estrutura e fluxo de atendimento aos estudantes com deficiência. No LAI foram apresentados os equipamentos de tecnologia assistiva e o processo de adaptação de material bibliográfico para formato digital e acessível.

Na foto estão 9 pessoas em pé, em uma sala repleta de carteiras. Do lado esquerdo está a janela e atrás uma lousa.

Essas visitas demonstram o reconhecimento da qualidade do trabalho desenvolvido na UFG e abrem espaço para o fortalecimento das parcerias institucionais. Sabemos que há muito a construir para nos tornarmos uma universidade totalmente acessível e inclusiva, mas a cada ação estamos mais próximos desse ideal.

A Diretoria de Acessibilidade acredita que o fortalecimento do diálogo entre as instituições e com a comunidade acadêmica pode colaborar para a promoção da acessibilidade em Goiás e para além das nossas fronteiras. 

 

Categorias: Visita Técnica